segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Família Sagrada

"Uma entre todas fostes a escolhida"...dentre milhares de mulheres do mundo inteiro meu Papai do céu escolheu você Maria...
Minutos preciosos com Maria:
Santíssima mãe nascida em Nazaré, na Galiléia, a escolhida por Deus para ser mãe de seu filho Jesus. Sua infância foi normal,alegre e tranqüila, como de todas as crianças cercadas pelos carinhos e atenções dos pais e parentes. Filha dos nazarenos Joaquim e Ana, seu pai era sacerdote israelense em Nazaré, e descendia de Davi e de Rute, de cuja descendência, conforme a Profecia, viria o Messias. Sua mãe, quando se viu grávida, e pensando que daria à luz um menino, fez voto de doá-lo e consagrá-lo ao Templo, porque somente homens serviam aos santuários. Seu pai faleceu antes do nascimento da filha, mas cumprindo a promessa, aos três anos de idade sua mãe levou-a para os guardiões do Templo de Jerusalém, para decidirem sobre o destino da menina que, pelo voto da mãe, deveria ser Consagrada e Apresentada a Deus. Por interferência divina os guardiões do Templo de Jerusalém aceitaram-na e designaram Zacarias, esposo da sua tia, Elizabete, irmã da mãe dela, para tutelá-la. Demonstrando grande interesse pelos rolos de papiros da Escritura Sagrada, que ficavam guardados dentro de um baú na casa que servia de sinagoga, para as reuniões semanais dos judeus de Nazaré. Ao longo dessa fase foi recebendo a visita dos anjos que lhe anunciavam que Deus a exaltara e a escolhera dentre todas as mulheres, e a purificara. Ao completar 12 anos de idade, pelas leis judaicas, adquiriu o gedulah, ou seja, já estava legalmente autorizadas para se casar. Sua mãe veio de Nazaré a Jerusalém e, ao regressar, levou a filha para passar alguns dias com ela. Em Nazaré um parente dela, José, um homem honesto mas bem mais velho do que ela, carpinteiro de profissão, filho de Jacó e descendente de Davi, pediu-lhe em casamento, o que foi aceito por sua mãe. Ela rejeitava a idéia de casamento, pois sempre ouvira no Templo de Jerusalém, que o Messias nasceria de uma virgem da genealogia de Davi, mas ficou noiva de José, para não contrariar a família, aos catorze anos. O noivado foi anunciado e ela voltou a Jerusalém, enquanto José permanecia em Nazaré, trabalhando para obter o necessário, a fim de constituir o novo lar. Em Jerusalém, no Templo, continuava a orar fervorosamente a Deus. Numa certa noite do ano seguinte, em um momento sublime, Deus tomou-lhe para ser a mãe de seu Filho, na sua condição humana, o futuro Jesus Cristo. Uma luz celestial invadiu seu aposento, e os anjos aparecem diante dela, e por ação direta e exclusiva do Espírito Santo, ficou grávida naquele momento, condição de mãe virgem! Grávida antes de se casar, suportou a desconfiança de seu esposo e correu o risco de ser apedrejada, conforme mandava a lei daquela época. Em meio a desconfianças naturais da natureza humana, em sonho divinal José recebeu um recado celestial e a desposou antes que sua gravidez se tornasse pública. Mantendo-se intocada, alguns meses após, de passagem por Belém, e sem obter hospedagem mais digna, ela deu a luz ao Filho de Deus, em uma manjedoura, fora da cidade, aos 16 anos de idade (4 a. C.). Estava, assim, constituída a Família Sagrada: José, Maria e Jesus.
Maria, minha querida Mãe..eu te peço nesta tarde, olhai por as famílias do mundo inteiro, quantas crianças Mãe neste momento sofrendo a ausência de seus Pais, quantas crianças jogadas as margens,restaurai Mãe todas as famílias que sofrem o abandono, a miséria e a pobreza. Acolhei Mãe todas as crianças do mundo inteiro e e cobri-las com teu manto sagrado protegendo cada uma delas de todas as insídias de satanás...obrigada pelo carinho com que a Senhora cuida nesta tarde de tuas criancinhas....Bendito seja o fruto do vosso ventre ...Mãe eu coloco cada uma delas em teu ventre nesta tarde, inclusive a Raissa...para que nossas crianças sejam restauradas no teu ventre doce Rainha ..Amém..
Maria... me ensina a ser silenciosa..como a Senhora foi...
De tua querida e amada filha:
sol simplesmente sol
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário